Imposto de Renda

IRPF 2021

O IRPF é a sigla para “Imposto de Renda Pessoa Física”. Todos os anos, milhares de pessoas (contribuintes) que se enquadram nos requisitos exigidos pelo Governo Federal fazem o chamado “acerto com o leão”, ou seja, declaram o imposto de renda conforme os recebimentos obtidos no ano anterior. Confira a seguir tudo sobre o IRPF 2021.

Muitas pessoas sentem dificuldade em compreender como funciona esta importante tributação, e se esse for o seu caso pode ficar tranquilo, pois resolvi escrever este artigo para te auxiliar e, no final, você perceberá que não é tão complexo quanto parece. Me acompanhe!

IRPF 2020
IRPF 2021

IRPF 2021

Ao contrário do que muitos pensam o IRPF não existe somente no Brasil, o imposto é cobrado em diversos países do mundo como, por exemplo, a Dinamarca e o Japão. Por aqui, o contribuinte deve fazer a sua declaração e envia-la no primeiro semestre de cada ano, cujo prazo geralmente compreende entre os meses de Março e Abril.

Uma boa parcela é obrigada a fazer a declaração. Mas há também uma parte da população que é beneficiada com a isenção do imposto de renda. Veja a seguir quem deve fazer a declaração IRPF 2021.

Quem deve declarar IRPF 2021

O grupo de pessoas que obrigatoriamente devem declarar o Imposto de Renda são os seguintes:

  • Pessoas físicas que residem no Brasil e que no ano anterior receberam rendimentos tributáveis que superaram o valor de R$ 28.559,70;
  • Pessoas que receberam os seus rendimentos isentos, tributados ou não tributáveis exclusivamente na fonte. Tendo como soma o valor acima de R$ 40 mil referente ao ano anterior;
  • Pessoas que receberam ganho de capital na alienação de direitos e bens, os quais estiveram sujeitos a incidência do imposto ou ainda que realizaram operações em bolsas de valores ou semelhante independente do valor;
  • Proprietários ou posseiros de direitos ou bens, mesmo que seja terra nua, cujo valor supere R$ 300 mil;
  • Pessoas que passaram a residir no Brasil em qualquer data ou mês do ano passado;
  • Pessoas que escolheram a isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital referente à venda de imóveis residenciais. Sendo que a destinação dessa aplicação seja realizada em imóveis residenciais localizados em qualquer parte do território nacional;
  • Pessoas que tiveram como receita bruta o valor acima de R$142.798,50 referente à atividade rural no ano passado.

Declaração do IRPF 2021

Como havia adiantado anteriormente, a declaração do imposto de renda 2021 deve ser realizada no início de cada ano e dentro do prazo estipulado pelo Governo Federal para que não corra o risco de pagar multa ou sofrer qualquer outro tipo de punição.

Para fazer a declaração do IR é necessário baixar o software do programa que é disponibilizado e atualizado no site da Receita Federal e que você pode obter diretamente por esse link (http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017/download). Em seguida, é só escolher a versão compatível com o seu sistema operacional, baixar e solicitar o seu Certificado Digital.

Declaração Imposto de Renda 2020
Declaração Imposto de Renda 2021

A próxima declaração do IR será realizada somente no primeiro semestre de 2021, uma vez que o envio deste ano foi encerrado no mês de Abril.

Tabela IRPF

No site da Receita Federal você poderá encontrar todas as tabelas existentes, inclusive aquelas que foram utilizadas em períodos anteriores. Para visualiza-las, bem como fazer os cálculos mensais ou anuais do IRPF é só clicar neste link (http://idg.receita.fazenda.gov.br/acesso-rapido/tributos/irpf-imposto-de-renda-pessoa-fisica).

Além disso, é possível fazer a dedução mensal por dependente e ainda simular as alíquotas do imposto de renda por meio de dois tipos de cálculo, a saber: o mensal e o anual. Ou seja, é bem completo e fácil de localizar as informações, o que facilita bastante o acompanhamento do Imposto de Renda.

Cronograma IRPF

De acordo com informações dadas pela Receita Federal, o cronograma de restituição dos lotes do IR ficou assim definido:

  • 1º Lote: 16 de junho de 2020;
  • 2º Lote: 17 de julho de 2020;
  • 3º Lote: 15 de agosto de 2020;
  • 4º Lote: 15 de setembro de 2020;
  • 5º Lote: 16 de outubro de 2020;
  • 6º Lote: 16 de novembro de 2020;
  • 7º Lote: 15 de dezembro de 2020.

Consulta IRPF

Para consultar a sua restituição imposto de renda é só clicar neste link (https://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp) e informar os dados solicitados em tela para checar todos os detalhes.

Consulta IRPF
Consulta IRPF

Não perca nenhuma novidade do blog, cadastre-se e receba todas as novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *