Imposto de Renda

Extrato INSS para Imposto de Renda 2021

O Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) é uma das contribuições tributárias mais importantes para todo o povo brasileiro, e na hora de saldar essa “dívida” para com a Receita Federal, é preciso estar bem preparado para não ter nenhum constrangimento durante o processo. Neste artigo iremos falar por que é necessário um Extrato INSS para Imposto de Renda, confira!

Se você for um aposentado ou pensionista, é preciso ainda mais que esteja bem preparado, pois além dos requisitos básicos, a Receita Federal também exige a apresentação de um extrato do INSS para a efetivação do Imposto de Renda.

Extrato INSS para Imposto de Renda 2020
Extrato INSS para Imposto de Renda 2021

Extrato INSS para Imposto de Renda

Um dos principais requisitos para poder fazer o pagamento do Imposto de Renda, é a necessidade de o contribuinte ter um rendimento pessoal para que haja tributação sobre o mesmo, e no caso dos aposentados e pensionistas, o que comprova tal rendimento, é o extrato do INSS.

Por isso, para este tipo de contribuintes, ou melhor, para os pensionistas e aposentados, há necessidade de obter o extrato INSS para Imposto de Renda antes mesmo de ir fazer o pagamento do mesmo.

Porém, apesar do extrato do INSS ser um requisito crucial para que os pensionistas e aposentados declararem o Imposto de Renda, existem algumas condições que podem se tornar isentos os mesmos de realizar o pagamento deste imposto, sendo que as principais são as seguintes:

Já nos rendimentos por aposentadoria em casos de acidente de trabalho são isentos a tributação. E também são isentos de tributação em seus rendimentos as pessoas as quais sejam portadoras de alguma doença grave no benefício da sua aposentadoria e pensão.

Já os rendimentos de aposentadoria ou pensão por morte são tributáveis, devendo ser lançados na declaração da ficha de “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoas Jurídicas”. Entretanto, serão informados como Rendimentos Isentos e Não-Tributáveis, no caso da pensão por morte relativa à período em que o falecido tinha mais de 65 anos.

Rendimento de aposentadoria ou também os rendimentos no caso de pensão por morte, devem ser tributados, logo esses mesmos devem obrigatoriamente serem lançados em sua declaração no menu “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoas Jurídicas”. Mas será isento no caso de pensões as quais sejam o cenário do falecido ter mais de 65 anos no momento de sua morte.

Como Consultar o Extrato INSS para Imposto de Renda?

Todo cidadão que estiver apto a previdência social, pode fazer a consulta do extrato do INSS, o qual é usado como base na hora de fazer o preenchimento da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF).

E apesar de tudo acontecer na internet, a segurança é garantida, uma vez que o site é gerenciado pelo sistema do Dataprev, uma empresa de tecnologia e informações da Previdência social que armazena e gerencia todos os dados do Ministério do Trabalho e Previdência Social.

E antes de ir requisitar o extrato para o Imposto de Renda é preciso estar munido das seguintes informações:

  • Ano para o qual você deseja a fatura;
  • Número do beneficiário: digite-o usando apenas números, pois não há necessidade de usar travessões ou barras para fazer a separação;
  • A sua data de nascimento;
  • Nome do beneficiário e o seu respectivo CPF;
  • Código de segurança da página: o qual será lhe fornecido automaticamente.

Com esses dados em mãos, basta seguir os seguintes passos:

  • Acesse o site da Previdência Social (http://www.previdencia.gov.br/);
  • Dentro da página, vá em “Serviços do INSS”, e escolha “Extrato de pagamento de benefício”;
  • Agora será carregada uma nova aba onde você terá que entrar com os dados relativos ao nome, data de nascimento, etc. E depois de preencher tudo direitinho, clique em “visualizar”.
  • Por fim, basta fazer o download do extrato para o seu computador, que o mesmo já estará pronto para efeitos de Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) ou para outro serviço que requisite comprovação de renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *